Blog Bytebio

O futuro do CRM para os
profissionais de marketing

Veja neste artigo o futuro do CRM na visão do marketing e como a experiência do consumidor é tão importante quanto os produtos ou serviços oferecidos!
O ritmo das mudanças no mercado está se acelerando, com as novas tecnologias e tendências que constantemente estão surgindo. E, pode ser difícil acompanhar o ritmo, pois somos bombardeados por previsões esperançosas de fornecedores de software de CRM para as estratégias de marketing, que prometem crescimento exponencial em períodos curtos de 20% ao ano ou projeções de longo prazo sobre para onde as coisas estão indo - especialmente quando se trata do que vai acontecer daqui a 10 anos.

Em um cenário competitivo, entregar um ótimo produto não é mais o suficiente. Cada vez mais, as empresas que estão a frente no mercado são aquelas que oferecem experiências diferenciadas ao cliente e um produto fantástico. Em sua essência, um sistema de CRM é projetado para fazer uma coisa: gerenciar seus relacionamentos com seus clientes e futuros leads para fornecer experiências consistentes e personalizadas.

Em linhas gerais, CRM é reunir informações de clientes e potenciais leads em um aplicativo central e orientar a equipe comercial através do funil de vendas. Mas também faz mais do que isso. Um bom CRM ajuda a gerenciar as interações com o cliente de uma forma que aumentará a fidelidade do cliente e gerará lucros que aumentarão sua receita.

Para ajudá-lo a obter todos os insights e tendências de marketing para o CRM em seu negócio, aqui está um artigo com as principais informações que você precisa saber sobre esse tema.

Este artigo pode lhe interessar "O que é CRM?"

Qual o futuro do CRM na visão do marketing?

1. Experiência do cliente em alto nível

Hoje, mais do que nunca, os negócios giram em torno do cliente, customer experience tornando a experiência do cliente um diferencial vital para uma marca.


Além do mais, isso está na lista das cinco principais prioridades para 65% das MarTechs nos próximos três anos, de acordo com uma pesquisa conjunta da Forbes e Salesforce.


Então, o objetivo do seu negócio deve ser proporcionar uma experiência melhor no atendimento ao cliente. Não apenas para atrair novos clientes em potencial, mas para aumentar a fidelidade do cliente e evitar a perda de receita.

2. Adoção da Inteligência Artificial - IA

A Inteligência Artificial - IA ou aprendizado de máquina está superando as expectativas, de acordo com a pesquisa da Salesforce. O relatório 2020 State of Marketing indicou que a quantidade de profissionais de marketing que irão usar o IA, pode saltar de 29% em 2018 para 84% em 2022.


A integração da IA ao CRM nos ajuda a entender melhor nossos clientes — o que eles compram, com que frequência, quanto, a necessidade de suporte e muito mais. Isso nos ajudará a criar uma experiência melhor e mais personalizada para nossos clientes.

3. Confiabilidade nos dados

Mais do que nunca, os dados chegam de mais fontes e vêm em formas diferenciadas. A pesquisa da Salesforce prevê que os profissionais de marketing usaram em média 12 fontes de dados em 2021 e também descobriram que o número médio de ferramentas de gerenciamento de dados usadas em 2020 dobrou em relação a 2018.


Além disso, quase 80% dos profissionais de marketing afirmam que usar os dados, pode realizar um maior engajamento ao cliente, por meio da confiabilidade nos dados. Considerando os muitos fluxos que alimentam os esforços do CRM, o gerenciamento e conjunto de dados serão fundamentais no momento que estamos vivendo e exigirão soluções como recursos robustos o suficiente para atender a essas necessidades.

4. CRM com autoatendimento

De uma perspectiva de negócios, o CRM está começando a evoluir e isso significa menos suporte ao atendimento do comercial, redução de chamadas ao suporte e equipes concentradas a estratégia e evolução do negócio, como as MarTechs, por exemplo. Cada vez mais clientes desejam encontrar o que precisam sem a ajuda de uma pessoa real.


Isso significa que as empresas estão investindo mais em portais e sistemas de autoatendimento que oferecem aos clientes as ferramentas de que precisam para fazer coisas como consultar e pagar faturas pendentes, encontrar documentação sobre produtos e registrar problemas de suporte.


Para oferecer suporte ao autoatendimento, é importante que o sistema de CRM esteja fortemente acoplado, ou seja, parte do sistema ERP integrado ao back-office. Este nível de autoatendimento requer que dados de várias áreas funcionais estejam disponíveis para o CRM.

5. Ética e segurança acima do lucro

Atualmente, a ética e a segurança de dados tornaram-se fatores chave, a ponto de se tornarem até mais importantes do que o lucro de uma empresa. A LGPD - Lei de Proteção de Dados já está em pleno vapor. Os profissionais de marketing são forçados a considerar não apenas o que eles ‘podem’ fazer, mas, principalmente o que ‘devem’ fazer.


Os negócios mais preparadas já começaram a focar nas mudanças e estão se concentrando nos aspectos relacionados à segurança em função dos grandes riscos potenciais e as possíveis multas. Uma das áreas ainda cinzentas da LGPD diz respeito ao legítimo interesse, ou direito de uma empresa em se comunicar sem consentimento. Nós esperamos que este direito não seja usado em excesso, e que as empresas optem por ter um relacionamento consensual transparente com seus clientes.

6. Integrações com auxilio de uma MarTech

Hoje, a usabilidade e as integrações das novas tecnologias pode ser auxiliada pelas empresas MarTechs que estão promovendo muitas mudanças e evoluções, principalmente se tratando de CRM. Então, unir ambas as estratégias pode ser muito positivo para o andamento do seu negócio, proporcionando automação de marketing em alto nível.

Quais os benefícios para utilizar o CRM no Marketing?

As ferramentas de CRM ajudam a processar dados de clientes e capacitam as organizações a construir melhores relacionamentos com fornecedores e clientes. Veja a seguir, quais os benefícios para utilizar o CRM no Marketing:

Consolidação dos dados dos clientes

O software de CRM centraliza os dados do cliente em um único local para que todos tenham acesso aos dados. O gerente também pode controlar o acesso aos dados. As informações que um CRM pode coletar e armazenar são:


  1. Informações de contato: Inclui o endereço de e-mail do cliente, números de telefone, endereços postais, sites e contas de mídia social.
  2. Histórico de comunicação: O CRM pode ajudar a rastrear as interações do cliente em sites/anúncios e por meio de e-mails, ligações, bate-papos online e tíquetes de suporte.
  3. Gerenciamento de contas: O CRM pode monitorar a jornada do lead até ser cliente, incluindo registros de compra e como os clientes encontraram seu negócio por meio das UTMs.

Desenvolvimento da performance de venda

O CRM tornou-se parte integrante dos processos de vendas digitais. As empresas relataram um aumento na produtividade da equipe e nas taxas de retenção de clientes usando este software:


  1. Otimização das estratégias de vendas: O CRM pode ajudá-lo a otimizar os processos de vendas. Você pode identificar gargalos em seus negócios e propor soluções adequadas. Você também pode monitorar campanhas usando o CRM e otimizá-las em tempo real.
  2. Prevê vendas com precisão: O CRM pode ajudar os gerentes de vendas a compreender o desempenho de sua equipe. Esse entendimento lhes permitirá definir metas realistas e obter uma melhor previsão de vendas no futuro.
  3. Treinamento da equipe com mais rapidez: O CRM vêm com um modo de operação padronizado. Portanto, os novos contratados podem aprender o sistema sem esforço e começar a causar um impacto desde o início.
  4. Ofereça uma melhor experiência ao cliente: O CRM pode ajudá-lo a entender o estágio de um cliente potencial em seu pipeline de vendas. Apressar um negócio pode prejudicar o relacionamento com o cliente. O CRM indica aos vendedores quando o comprador está interessado e quando eles podem prosseguir.

Foco nos leads e clientes em potencial

O CRM coleta, armazena e organiza as informações do cliente a partir das interações de um consumidor com a marca. Essas informações são coletadas de forma ética e com o consentimento do cliente.


O cliente também compartilha dados ao fazer uma compra ou durante uma chamada de suporte. Esses dados incluem informações de contato, informações comportamentais, as necessidades e os desafios do cliente.


Ao ter acesso a todas essas informações, a equipe de marketing consegue mapear o perfil do leads que poderão tornar-se clientes. Além de, colaborar com conteúdos direcionados aos clientes em potencial.


O CRM torna as interações de vendas uma experiência mais personalizada para o cliente e também podem ajudar os negócios a prever as necessidades de um cliente antes de entrar em contato com a marca.

Funil de vendas autossuficiente

Ao longo da estruturação do Funil de Vendas pensamos em como fazer o controle do fluxo de visitantes, leads, oportunidades, registrando das atividades, contatos e o planejamento das atividades. É aqui que entram em cena as ferramentas de gestão de funil de vendas.

O CRM entra nesse papel de ajuda a organizar e controlar o processo comercial: registrando automaticamente as suas interações com contatos, lembra você e seu time de fazer follow-ups e centraliza todas as informações em um só lugar.

Além de, permitir que a sua empresa crie etapas de vendas padronizadas e facilita a gestão das atividades do dia-a-dia de forma automática e o acompanhamento do resultado da suas equipe.

Segurança na mineração dos dados

A mineração dos dados é o processo de análise de grandes quantidades de dados para descobrir padrões, tendências e associações.


Tornou-se uma técnica importante nos negócios para entender o comportamento do cliente, tomar decisões estratégicas e desenvolver novos produtos ou serviços. É uma grande aliada da Inteligência Artificial - IA.


Além de, ajudar a tornar o seu negócio mais lucrativa, a mineração de dados pode ajudar as empresas a melhorar seus processos internos, tornando-os mais eficientes e reduzindo custos. O processo de data mining se dá a partir da análise de dados de um data warehouse ou bancos de dados como o CRM.

Este artigo pode lhe interessar "Funil de Vendas: como otimizá-lo para grandes empresas"

O seu marketing está utilizando todo o potencial do CRM?

O número de clientes está aumentando e você também está contratando mais pessoas na sua equipe. Há mais interações com os clientes, mais conversas, mais postagens nas redes sociais. As pessoas estão compartilhando informações por meio de e-mails e bate-papos, e a planilha está crescendo de tamanho. É normal ficar sobrecarregado.


Com o CRM tudo é rastreado, diferentes funcionários podem colaborar e compartilhar dados atualizados do cliente. Então, se você está interessado em um modelo de CRM, saiba mais sobre os serviços da Bytebio:

Saiba mais sobre