6 características do mercado de trabalho do futuro

características do mercado de trabalho no futuro

Com a Revolução 4.0, é necessário aceitar as mudanças que a globalização e a Transformação Digital trouxeram para toda a empresa e, consequentemente, as novas exigências do mercado de trabalho do futuro.

Amplo e dinâmico, o mercado exige um novo perfil e tem valorizado profissionais multitarefas – aqueles que conseguem se desdobrar em muitos – e aspectos como a capacidade de se reinventar.

Além de realizar várias atividades ao mesmo tempo, o novo profissional também precisa saber reconhecer as prioridades e os recursos necessários para o alcance dos objetivos.

Você sabe explicar o porquê dessa mudança e quais os benefícios que uma empresa pode alcançar contratando um profissional com perfil analítico?

O post de hoje responde a essas dúvidas. Continue com a gente e descubra quais os diferenciais mais valorizados pelas empresas no cenário atual.

O mercado de trabalho na Era Digital

O LinkedIn e o uso de softwares especializados que ajudam a monitorar e filtrar currículos por habilidades auxilia o RH a contratar colaboradores de forma inteligente e eficaz.

Aplicativos – como Skype e Hangouts – também são utilizados para a realização de entrevistas de emprego, por exemplo, especialmente, em recrutamentos de abrangência nacional.

Segundo a pesquisa “Harvey Nash Human Resources”, 60% dos líderes de Recursos Humanos que foram entrevistados em todo o mundo apontam que a importância da tecnologia na execução de sua função aumentou.

Mas não foi só a área de Recursos Humanos que sofreu impactos com o uso de novos softwares e plataformas. A Era Digital já tomou conta de todos os departamentos das empresas e a maioria dos profissionais já sabem e sentem isso no dia a dia.

Exceto em algumas profissões bem específicas, ser especialista em uma única área já não é o suficiente para as empresas. E os jovens da geração X – aqueles que estão entrando no mercado de trabalho agora ou que fazem parte dele há pouco tempo – entenderam a nova dinâmica e já começaram a reavaliar a carreira. Fato que pode representar uma ameaça àqueles profissionais acomodados, que vivem em sua zona de conforto e exercem sempre as mesmas funções.

Com todo o avanço tecnológico, já existem soluções que facilitam a vida de empresas e empreendedores e, em alguns casos, acabam dispensando a contratação de determinados profissionais. Um exemplo disso é o Bitrix24, que conta com mais de 35 ferramentas e, entre elas, um criador de sites Bitrix24. Com ele é possível personalizar seu blog ou loja virtual mesmo sem ter conhecimento em design ou em codificação.

mercado de trabalho no futuro transformação digital

O que a gente quer mostrar citando o Bitrix24 é justamente essa necessidade de se reinventar e ampliar a visão. Profissionais especialistas somente em linguagem de programação, por exemplo, podem perder espaço. O ideal serial que eles investissem em uma ou mais áreas complementares, ainda que diferentes da primeira formação, a fim de se aproximar mais do mercado de trabalho do futuro.

Como acompanhar as mudanças digitais?

A essa altura, você deve estar pensando que, com todas essas mudanças, a experiência profissional não tem mais nenhum valor. Mas não é bem assim. É claro que ela ainda vale. Mas, vista isoladamente, não basta.

O que a gente quer dizer é que profissionais experientes devem passar por uma reciclagem com o intuito de acompanhar as mudanças digitais. E aqueles que estão entrando no mercado de trabalho e ainda não possuem nenhuma experiência, mas que contam com a familiaridade com as novas ferramentas disponíveis a seu favor, devem focar e investir no desenvolvimento pessoal e profissional.

É isso mesmo que você leu. O perfil pessoal tem grande peso na escolha de um funcionário e, ao contrário do que muitos pensam, as tecnologias não vieram para tirar postos de trabalho de ninguém. Elas vieram para fazer com que aquele profissional diferenciado seja mais bem pago do que os outros.

Então, é papel da liderança afastar os receios ainda existentes sobre os impactos da Transformação Digital, pois, estudos apontam que, até 2020, a Inteligência Artificial criará mais empregos do que eliminará.

Bônus: Uma dica para você que procura desenvolver o lado criativo e analítico de seu funcionário: invista em mentorias e coaching.

6 características do mercado de trabalho do futuro

De modo geral, as empresas tendem  focar em algumas características e qualquer profissional – à procura de emprego ou já no exercício de sua função, seja dentro de uma empresa ou trabalhando por conta própria – precisa se preocupar com elas.

Facilidade de compreensão

O mercado se tornou muito mais dinâmico, o que exige um fluxo contínuo de aprendizagem. Novos conceitos, tendências, estratégias e métodos surgem todos os dias. É preciso estar atento a tudo!

Independente da área de atuação, sempre há algo novo a ser descoberto. Nesse sentido, aqueles que têm um perfil mais observador e curioso saem na frente de seus concorrentes. Isso porque eles conseguem prestar atenção aos detalhes e assimilar mais rapidamente um conteúdo.

Criatividade

Atitudes inovadoras! Pensar fora da caixa é um mega empurrão para conseguir se destacar em um mercado faminto por profissionais criativos.

Vale ressaltar aqui que, ao contrário do que muitos pensam, a criatividade é uma habilidade que pode ser adquirida. Claro que uma pessoa pode, sim, nascer com certo talento a mais. Mas todo mundo tem capacidade, ainda mais trabalhando em equipe e sendo um bom ouvinte: Quem escuta mais, tem mais chances de descobrir como solucionar um problema de forma autêntica.

Versatilidade

Saber se adaptar em um mundo globalizado faz toda a diferença na hora de conseguir um emprego. Ter conhecimento sobre ferramentas utilizadas pelo departamento já é algo visto como desejável em currículos.

Além disso, o mais importante é saber avaliar a interdependência de outras área com a sua atividade.

Proatividade

Essa característica se baseia no que conhecemos por “vestir a camisa” da empresa. Profissionais que assumem comportamentos antecipados em relação a situações e, rapidamente, criam soluções para problemas podem vir a surgir.

Criar maneiras de facilitar o trabalho ou o dia a dia dos consumidores também é considerado proatividade. Uma das empresas que mais atuam dessa forma é a Apple.

Antes de criar o Iphone ou o Ipad, o consumidor talvez nem imaginasse que poderia precisar desses produtos. No entanto, a Apple conseguiu se antecipar a uma necessidade e, hoje em dia, conta com uma legião de fãs, que aguardam ansiosamente pelas novas versões dos equipamentos.

Apenas um exemplo para ilustrar como a proatividade pode levar empresas e profissionais para muito mais longe. Pessoas que mostram autonomia e vontade de vencer são muito requisitadas. Elas são procuradas para assumir papeis de liderança dentro das organizações.

Perfil analítico

Saber analisar dados e tirar proveito deles é um diferencial na Era Digital. A Indústria 4.0 e as ferramentas que auxiliam o nosso trabalho, nos bombardeiam o tempo todo de relatórios e isso pode deixar os profissionais que não sabem como lidar com eles em apuros.

Números soltos não fazem sentido algum para uma tomada de decisão. Uma análise simples ou mal feita pode também acarretar graves consequências para a empresa. Então, saber analisar os dados faz com que qualquer empreendimento saia à frente da concorrência.

A análise com precisão é crucial para extrair dos relatórios o que é importante e o que é irrelevante naquele momento e, com isso, tomar a melhor decisão.

perfil analítico no profissional do futuro transformação digital

Comunicativo

Para que o processo de trabalho ocorra com eficiência, um bom profissional tem que ter habilidade de se comunicar e se fazer ouvido.

A capacidade de se relacionar bem com as pessoas faz toda a diferença e o perfil analítico tem papel primordial nessa tarefa.

Pessoas assim tendem a ir direto ao ponto, sem enrolação, e transmitem a mensagem com objetividade e clareza. Como consequência disso, a empresa ganha em gestão do tempo e aumento da produtividade.

O mercado de trabalho do futuro procura por profissionais que sabem criar relacionamentos e construir sua própria rede de contatos, o tão famoso networking. Despertar a empatia nas pessoas também é fundamental, já que é por meio de relacionamentos que conseguimos grandes parcerias.

Um resumo do post

O mercado de trabalho do futuro

A tecnologia tem provocado muitas mudanças no âmbito dos negócios e das relações de trabalho. Assim como as empresas, os profissionais também precisam se adaptar a essa nova Era Digital e estar atento às novas demandas que surgem todos os dias.

Características procuradas em profissionais do futuro

Dentre as competências mais exigidas do profissional para o mercado de trabalho do futuro, destacam-se:

  • Facilidade de compreensão;
  • Criatividade;
  • Proatividade;
  • E outras que você vai descobrir lendo este artigo.

Concluindo

Mostramos pra você nesse texto como a tecnologia transformou, para melhor, a realidade das empresas e dos funcionários.

Ficou comprovado que é preciso priorizar um perfil analítico na hora da contratação, pois ele será útil em muitas etapas. Não somente na criação e análise de relatórios, mas também na assimilação de conteúdos e novidades com mais rapidez. Profissionais assim também irão te propor novas metodologias de trabalho por meio de uma comunicação eficaz.

Pode confiar: aplicando as dicas que selecionamos aqui para o mercado de trabalho do futuro, você, empreendedor, montará uma equipe mais eficaz e você, profissional, pode abrir os olhos para toda a transformação em curso.

Dessa forma, ficará mais simples criar metas empresariais que se adequam à realidade da empresa e que, com um pouco de esforço, possam ser atingidas.

Você consegue se lembrar de mais alguma habilidade importante para uma empresa? Se achar que a gente esquecer alguma, comenta aqui embaixo.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *